Design a site like this with WordPress.com
Iniciar

5 alimentos que curam a depressão

Preparar refeições saudáveis ​​para sua família ou para você mesmo diariamente pode ser uma tarefa difícil .

Há realmente uma variedade _de alimentos que podem ajudar no tratamento dedepressão . Nozes, peixes, grão-de-bico, espinafre, banana, chocolate, psilocybe cubensis

Mas a lista continua !

Como resultado , neste post , abordaremos o assunto com mais profundidade .

Escolhemos – e respondemos – as dúvidas mais comuns de quem quer fazer da comida uma aliada do bom humor .

Leva apenas alguns minutos de leitura para descobrir quais antidepressivos naturais são os melhores – e para garantir que eles tenham um lugar especial em sua dieta .

1- Banana

A banana contém grande quantidade de triptofano, aminoácido que estimula a produção de serotonina (o “hormônio da felicidade”);

Os principais benefícios das bananas são o aumento da energia, diminuição do apetite e aumento da sensação de bem-estar.Isso ocorre porque a fruta é rica em triptofano , um aminoácido que aumenta a produção do hormônio serotonina .A serotonina, por outro lado , é responsável por melhorar o humor.

2 – Chocolate

Estudos apontam o chocolate como aliado do bom humor!

Mas, atenção: não é qualquer chocolate que reduz os sintomas depressivos.

Chocolate branco e ao leite podem ser prazerosos e trazer uma sensação de bem-estar na hora em que são consumidos. Contudo, apenas o chocolate amargo se mostra realmente eficaz no combate à depressão.

Para obter esse benefício, recomenda-se o consumo diário de 12 a 24 gramas de chocolate com 70% (ou mais) de cacau.

O grande potencial do chocolate amargo como antidepressivo deve-se à composição química do cacau, que inclui:

  • Flavonoides: substâncias antioxidantes que protegem o cérebro.
  • N-aciletanolaminas: ácido graxo com efeitos analgésicos, ansiolíticos e eufóricos (semelhante ao THC da cannabis sativa).
  • Cafeína e teobromina: que trazem rápidos efeitos para aumento de energia e favorecem a cognição.
  • Feniletilamina: induz a produção de noradrenalina, dopamina e acetilcolina — importantes neurotransmissores que atuam na regulação do humor, sono e memória.

3 – Peixe

“O peixe é rico em mltiplos benéficos nutrientes, incluindo ácidos graxos omega 3, protenas de alta qualidade, vitaminas e minerais, que foram associados à diminuiço do risco de depresso em nosso estudo,” afirma Fang Li — um dos responsáveis pela

Como resultado , ao decidir qual proteína animal adicionar à sua dieta, lembre – se dessa informação !

Por serem ricos em ácidos graxos ômega-3 , os peixes que são melhores para combater a depressão são:

  • sardinha;
  • atum;
  • arenque;
  • tilápia;
  • bacalhau;
  • truta;
  • cavalinha;
  • linguado.

4 – Legumes

É importante enfatizar que a alimentação é um coadjuvante no tratamento de sintomas depressivos.

Ou seja, ela não tem a finalidade de substituir medicamentos prescritos e o acompanhamento psicoterapêutico.

Porém, as escolhas em nossas refeições, de fato, interferem em nossa sensação de bem-estar e colaboram para o desempenho saudável das funções cerebrais.

Portanto, os vegetais que listamos abaixo não têm o poder de “curar a depressão” — mas, sem dúvida, agregam benefícios e potencializam efeitos de regulação do humor.

Veja algumas sugestões para incorporar ao seu cardápio antidepressão:

  • espinafre;
  • couve;
  • alface;
  • brócolis;
  • agrião;
  • couve-flor;
  • aspargos;
  • abóbora;
  • rúcula;
  • acelga;
  • chicória.

5 – Chás

Os benefícios dos chás para depressão podem atuar no combate aos sintomas físicos e na melhora do humor. Ao mesmo tempo, os casos mais leves da doença podem diminuir bastante quando há ao consumo das infusões.

Como coadjuvantes no tratamento da depressão, chás e ervas podem trazer benefícios na redução dos sintomas da depressão.

psilocybe cubensis 10g

As infusões mais indicadas são:

  • camomila;
  • chá de lavanda;
  • erva-de-são-joão;
  • chá de ashwagandha (ginseng indiano);
  • cidreira ou melissa;
  • hortelã;
  • chá de passiflora (flor de maracujá);
  • funcho;
  • chá verde;
  • chá de valeriana;
  • palha de aveia;
  • chá de raiz de ouro (rhodiola rosea).

Bônus – Cogumelos magicos psilocybe cubensis

cogumelos magicos

Estudos clínicos realizados no Imperial College, de Londres, apontam que uma substância presente em cogumelos magicos (psilocibina)  pode auxiliar no tratamento da depressão. O estudo ainda precisa passar por testes de fase três para que seja avaliada sua eficácia. 

Nos resultados de um pequeno ensaio clínico de fase dois, os pesquisadores concluíram que microdose de psilocibina, substância presente nos cogumelos, podem ter efeito similar ao do escitalopram, medicamento muito utilizado no tratamento de transtornos depressivos moderados e graves em conjunto com psicoterapia. 

Entenda mais sobre dosagem psilocybe cubensis

Saiba como fazer lemon tek

Compartilhe este conteúdo, deixe o seu comentário!

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: